1 evento ao vivo

Grande variação na temperatura da Região Centro-Oeste

Muito sol e baixa umidade no ar para todo o Centro-Oeste. A Região segue sem chuva nos próximos dias.

10 jul 2019
20h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O ar frio intenso se afastou da Região Centro-Oeste e a temperatura já subiu bastante nas últimas 48 horas. Agora, uma grande massa de ar seco predomina sobre o Centro-Oeste do Brasil e inibe a formação de instabilidade. Com o ar seco e o céu sem nuvens, os próximos dias serão de grande amplitude térmica. 

Muito sol

Para esta quinta-feira, 11 de julho, a previsão é de um dia ensolarado em todas os estados da Região Centro-Oeste e no Distrito Federal, incluindo as capitais Cuiabá, Campo Grande, Goiânia e Brasília. Apenas a região da divisa do Mato Grosso com o Amazonas e a região próxima da fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, terão um dia de muito sol com algumas nuvens.

Amplitude térmica

Com a recente passagem de uma frente fria sobre o país, a temperatura ainda é baixas nas madrugadas em a Região Centro-Oeste. Mas com o dia ensolarado, a falta de umidade e nebulosidade, a temperatura sobe rapidamente no decorrer do dia e faz muito calor à tarde. A variação entre a temperatura mínima e máxima dos próximos dias será grande, fenômeno chamado de amplitude térmica.

A amplitude térmica no estado de Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira, 10, foi uma das maiores do país. 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, em Rio Brilhante, a amplitude térmica foi de 23,8°C (mínima de 7,6°C e máxima de 31,4°C). 

Em Coxim, a amplitude térmica foi de 23,5°C (mínima de 9,6°C e máxima de 33,1°C)

Veja como ficaram as temperaturas no CO na passagem da intensa onda de frio no começo desta semana.

Ar muito seco

O ar fica seco sobre a Região e a umidade relativa do ar fica muito baixa nas horas mais quentes desta quinta-feira. No noroeste do estado de Mato Grosso, a umidade do ar vai ficar entre 20% e 30% nas horas mais quentes e as outras áreas do Centro-Oeste vão ficar com menos de 20% de umidade no ar. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a umidade relativa do ar deve ficar acima dos 60% para não ser prejudicial à saúde humana.

As capitais da Região Centro-Oeste do Brasil ficaram entre as 5 mais secas do país no dia 9 de julho de 2019. Confira o nível de umidade relativa do ar (URA) registrado pelo INMET às 15 horas (Brasília)

Capital (UF)
URA às 15h (Brasília)
10/7/19
Palmas (TO 19%
Goiânia (GO) 24%
Campo Grande (MS) 25%
Cuiabá (MS) 27%

Foto: Climatempo

Foto de Vinicius Simão, Santa Rita (GO)

Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade