PUBLICIDADE

Geada se espalha pela Grande SP na manhã desta terça

Frio foi intenso e bateu recorde na capital paulista. Estações do CGE registraram mínimas abaixo de 0ºC em Parelheiros e Capela do Socorro.

20 jul 2021 11h09
ver comentários
Publicidade

O ar frio de origem polar derrubou ainda mais as temperaturas no estado de São Paulo na madrugada desta terça-feira (20). Na capital paulista, um novo recorde de frio foi registrado com mínima de apenas 6,3ºC na estação oficial do INMET no Mirante de Santana. O valor igualou o recorde anterior deste ano, que tinha sido registrado no dia 30 de junho.

Em algumas estações do CGE, as temperaturas chegaram a ficar negativas, como é o caso da estação Marsilac, na região de Parelheiros, onde a menor temperatura do dia chegou a -2,3ºC e bateu recorde absoluto, desde o início das medições no local. Na estação da Capela do Socorro, os termômetros chegaram a registrar -1ºC.

Com o frio intenso, houve formação de geada em amplas áreas da região metropolitana, inclusive nos municípios de Barueri, Santana de Parnaíba e Cotia. Confira abaixo algumas imagens registradas por Amanda Sampaio, em Barueri.

Foto: Climatempo
Foto: Climatempo
Foto: Climatempo

Frio também foi intenso no interior do estado, com mínimas abaixo dos 4C na maioria das áreas paulistas, inclusive em Bauru, Marília, Sorocaba e até em parte do norte de São Paulo

Risco de geada diminui nesta quarta

Nesta quarta-feira (21), o risco para geada diminui em praticamente todas as áreas do estado, com exceção do extremo sul paulista e da Serra da Mantiqueira. Aos poucos, as temperaturas máximas vão subir de forma gradativa, mas as madrugadas e manhãs continuarão sendo de frio até o fim da semana.

Além das baixas temperaturas, a umidade relativa do ar também fica muito abaixo do recomendável. Por enquanto não há previsão de chuva no estado.

Climatempo
Publicidade
Publicidade