PUBLICIDADE

Geada provocou efeito negativo na produção de mel do PR

Frio excessivo entre junho e julho provocou o abortamento de flores, reduzindo a oferta de néctar

29 nov 2021 11h46
ver comentários
Publicidade

De acordo com dados divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no mês de outubro, ocorreu valorização nos preços pagos aos produtores de mel do Paraná. As geadas ocorridas nos meses de junho e julho trouxeram efeitos negativos para a atual safra no estado.

As árvores silvestres que abastecem as abelhas com flores no período da safra foram atingidas pelo frio excessivo, o que provocou o abortamento de flores, reduzindo a oferta de néctar. Com isso, as abelhas não estão tendo alimentos suficientes e a produção está abaixo do esperado.

Diante deste cenário, o mel foi comercializado pelos produtores no mês de outubro ao preço de R $14,65/kg, valorização de 11% em relação ao mês de setembro. Essa baixa oferta deve persistir até o final do ano, mantendo os preços elevados.

Banana

A menor procura pela banana prata no mercado não abre espaço para uma recuperação nos preços pagos aos produtores no Paraná, mesmo o produto estando no final da safra. A fruta teve a maior desvalorização no estado entre os produtos pesquisados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Em setembro, a caixa do produto foi comercializada por R$ 30,00 e em outubro o preço caiu para R$ 23,00, retração de 23,8%.

Mandioca

A raiz de mandioca, por sua vez, apresentou valorização de 6%. A média da tonelada do produto no último mês foi de R$ 548,06. Comportamento que segue em novembro. No início do mês os preços pagos aos produtores já atingiam patamares próximos a R$ 632,50. Essa elevação é explicada pela baixa disponibilidade da raiz nas lavouras. A falta de matéria prima impulsionou os derivados da raiz acompanhados pela Conab. Nos supermercados, em outubro, a farinha de mandioca branca e a torrada tiveram aumentos de 21% e 17,5%, respectivamente.

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

O Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

Faça parte da maior comunidade AGRO! O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte! 

Climatempo
Publicidade
Publicidade