0

Frio diminui e chuva aumenta no Sul do Brasil

Semana será com pouco frio, mas deve terminar com temporais.

14 mai 2018
11h53
atualizado às 12h51
  • separator
  • comentários

A madrugada desta segunda-feira, 14 de maio, ainda foi fria nos três estados da Região Sul, mas sem novos recordes. A menor temperatura observada foi de 3,6°C em Bom Jesus, na serra catarinense, pela medição do Epagri-Ciram (*). Em Porto Alegre, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 13,1°C de temperatura mínima, a segunda menor em 2018 até agora. O recorde foi de 12,7°C no domingo, 13 de maio. Além da capital gaúcha, Florianópolis também bateu o recorde de menor temperatura no dia 13, acom mínima de 15,2°C.

A segunda quinzena de maio começa com pouco frio, mas aumento da chuva sobre o Sul do Brasil. A intensificação de uma baixa pressão atmosférica entre o Argentina e o Paraguai e a passagem de duas frentes frias associadas a ciclones extratropicais vão espalhar nuvens carregadas sobre os três estados no decorrer desta semana. Há condições para pancadas de chuva e que poderão ser moderadas a fortes, em alguns momentos. A chuva será mais frequente sobre o Paraná, em Santa Catarina e na parte norte do Rio Grande do Sul.

Primeira frente fria

A primeira frente fria avança sobre a Região Sul do Brasil nesta terça-feira, 15 de maio. Pancadas de chuva ocorrem em todos os estados, com chuva mais persistente no oeste dos estados e sobre o Rio Grande do Sul.

Na quarta e na quinta-feira, 16 de maio, as pancadas de chuva se concentram sobre o Paraná e sobre Santa Catarina, mas a toda a Região Sul tem muita nebulosidade.

Segunda frente fria

A segunda frente fria avança forte sobre a Região Sul do Brasil a partir da sexta-feira, 18 de maio. A chuva deve ocorrer de forma generalizada nos dias 18 e 19 de maio e já diminui durante o dia 20, domingo, com o afastamento da frente fria.

Esta frente fria deve provocar chuva forte e volumosa nos três estados da Região Sul, incluindo as capitais.

Foto: Climatempo

Temperatura

Esta semana será quase toda com pouco frio no Sul do Brasil. Não há expectativa de entrada de ar polar intenso até a sexta-feira, 18 de maio. Até lá, esfria um pouco no centro-sul do Rio Grande do Sul.O excesso de nebulosidade vão dificultar o resfriamento noturno.

Mas a segunda frente fria, no fim de semana de 19 e 20 de maio, deve trazer uma forte massa de ar polar e com tendência a se espalhar pelo interior da Argentina, do Paraguai e avançar sobre a Bolívia. Isto vai fazer com que o ar polar fique mais tempo sobre a Região Sul mantendo as temperaturas baixas por um período mais prolongado.

Geada

Fique atento com a previsão de frio intenso após o dia 20 de maio. Acompanhe diariamente a previsão do tempo para a Região Sul do Brasil, pois o risco de geada é alto. A primeira geada forte no Sul do país deve ocorrer após o dia 20, quando completamos 2 meses de outono.

Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade