PUBLICIDADE

Dia do Pantanal! Patrimônio Natural da Humanidade

Neste dia 12 de novembro, é celebrado o Dia do Pantanal, considerada uma das maiores e mais importantes biodiversidades e a maior planície alagada do mundo.

12 nov 2021 16h02
ver comentários
Publicidade

Foto: Pantanal, fotografado em Corumbá, Mato Grosso do Sul/Leo Mercon/iStock

Nesta sexta-feira, 12 de novembro, é celebrado o Dia do Pantanal, considerada a maior planície alagada do mundo. O bioma também se estende pelos territórios da Bolívia e do Paraguai, mas é em solo brasileiro, onde está localizado mais de 62% da planície pantaneira, nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. 

A data foi constituída em 2008, por resolução do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), em memória à morte do ambientalista e jornalista Francisco Anselmo de Barros, que dedicou-se durante 25 anos à luta pela preservação do Pantanal, e morreu em 2005, num ato de protesto contra a instalação de usinas hidrelétricas na região.

Uma das maiores e mais importantes biodiversidades do mundo

Por sua importância para o meio ambiente, o Pantanal é reconhecido como Patrimônio Natural da Humanidade e Reserva da Biosfera pela Organização das Nações Unidas (ONU) para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), e Patrimônio Nacional pela Constituição Federal. 

O Pantanal é o habitat de uma grande variedade de espécies plantas e animais. De acordo com a WWF-Brasil (uma organização da sociedade civil brasileira), foram registradas cerca de 325 espécies de peixes, 53 de anfíbios, 98 de répteis, 656 de aves, 159 de mamíferos e mais de 3.500 espécies de árvores, vegetações aquáticas e terrestres.

O bioma também é lar dos povos tradicionais e originários da região, como agricultores familiares, pescadores artesanais, ribeirinhos, indígenas e quilombolas. 

Queimadas, desmatamento e poluição

Os problemas ambientais que afetam a região do Pantanal, já causaram a perca de milhões de hectares do bioma. Muitos destes problemas é causado pela ação humana. Os maiores fatores que contribuem com a devastação, são o desmatamento desenfreado e irregular, a poluição do solo e da água por uso de agrotóxicos e os incêndios. 

Climatempo
Publicidade
Publicidade