PUBLICIDADE

Chuva perde intensidade na costa leste do Nordeste

Ainda chove nos próximos dias, mas com baixos acumulados no litoral nordestino

6 ago 2022 - 17h36
Ver comentários
Publicidade

Fonte: Climatempo/Cemaden

Com colaboração de Stefanie Tozzo 

O mês de agosto começou instável sobre a costa leste do Nordeste, a capital Maceió (AL) registrou cerca de 200mm só nos últimos dias.

Nestes 5 primeiros dias de agosto choveu bastante em Alagoas, em especial na faixa leste do estado onde os acumulados de chuva variaram entre 100 e 200mm. Com destaque para a capital Maceió que registrou entre os dias 01 e 05 de agosto 204mm na estação de Antares, segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN).

Esses acumulados na capital de Alagoas já representam 6,5% acima da sua climatologia de agosto 1991-2020, que é de 191,5mm.

Já pelos dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), Maceió acumulou 102mm neste mês de agosto, até às 16 horas deste sábado (06). Sendo o maior acumulado de chuva para um mês de agosto desde 2019, quando acumulou 178,2mm.

Foto: Climatempo

Acumulados de chuva entre os dias 01 e 05 de agosto de 2022 em Alagoas. Fonte: Climatempo/Cemaden

Motivo da chuva 

Boa parte da chuva recente de Alagoas aconteceu entre os dias 02 e 04 de agosto, e foram causadas pelas Ondas de leste, que geralmente traz muita umidade do oceano para o continente. O fenômeno  provoca chuva forte e volumosa no norte e leste nordestino, durante as estações de Outono e Inverno e tem um período de 3 a 6 dias durante cada atuação. Mas, há casos que podem chegar aos 10 dias.

Tendência para os próximos dias

A chuva persiste nos próximos dias sob o litoral do Nordeste, mas com valores mais baixos, se comparados com os últimos dias, ficando entre 10 e 70mm até o dia 10 de agosto, devido à umidade constante que vem do mar. 

Foto: Climatempo

Acumulados de chuva entre 06 e 10 de agosto de 2022.Fonte:Climatempo.

Se por um lado a chuva diminui no Nordeste, ganha força na metade sul do país.

Com destaques para os fortes temporais e os grandes volumes de chuva previstos, até a próxima quinta-feira (11) entre o Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e o Rio Grande do Sul. Há condições para temporais, raios e rajadas de vento. Além do potencial para queda de granizo, tanto no domingo quanto na segunda-feira (08) no Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e entre segunda-feira e terça-feira (09) essa chance aumenta para o interior de São Paulo. Já entre Goiás, Minas Gerais e o Rio de Janeiro a possibilidade para as pedras de gelo aumentam entre terça e quarta-feira (10). Pode ter granizo até em Rondônia e Acre na terça.

Confira os detalhes: forte frente fria atua no Brasil! 

Climatempo
Publicidade
Publicidade