PUBLICIDADE

Chuva favorece o avanço da semeadura da soja em MT

O oeste e o médio norte de Mato Grosso lideram os trabalhos nas lavouras

19 out 2021 11h48
ver comentários
Publicidade

Foto: Istock

O Instituto Mato-grossense de  Economia Agropecuária realizou a 3ª estimativa para a oferta e demanda de soja em Mato Grosso, trazendo um crescimento na demanda para as safras 20/21 e 21/22.

Para a 20/21, a oferta se manteve, enquanto a demanda foi elevada em 1,74% ante à safra 19/20. Dentre os fatores que ampliaram o volume demandado, as exportações apareceram como principal motivo, com um acréscimo de 5,93% no comparativo anual (23,61 milhões de t).

Para o consumo, a previsão das indústrias é de que 10,38 milhões de toneladas sejam processadas, decréscimo em relação ao relatório anterior, sob influência da baixa oferta de soja, bem como a valorização dos preços, que pode limitar o esmagamento no fim do ano. Para a 21/22, a oferta exibiu alta de 3,85% ante à 20/21, motivada por uma maior produção.

Do lado da demanda, as exportações podem ultrapassar 24 milhões de t, visto que o cenário vem sendo favorável para os embarques, enquanto o consumo MT pode ser incrementado em 4,53% ante à 20/21.

Chuva favorece semeadura 

A semeadura de soja exibiu um progresso significativo (24,75 p.p.) na semana passada, e, até a última sexta-feira (15/10), 45,06% da área prevista para a safra 2021/22 já havia sido semeada. Assim, a semeadura da safra 21/22 aponta como a mais antecipada em relação ao mesmo período dos últimos dez anos e 36,87 p.p. à frente da safra 20/21.

Com relação às regiões de Mato Grosso, destaca-se o oeste (58,58%) e o médio norte(55,31%), que lideram os trabalhos nas lavouras. Desse modo, tendo em vista a as condições de tempo favoráveis para as próximas semanas, é esperado que o cultivo continue a todo vapor no estado.

No entanto, vale ressaltar que é importante que o produtor esteja atento à sua capacidade de colheita para o início do ano, tendo em vista a grande concentração de áreas semeadas no mesmo período.

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

O Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

Faça parte da maior comunidade AGRO!

O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte!

Climatempo
Publicidade
Publicidade