0

Chuva diminui em SP nesta terça, e Sol pode reaparecer

Sistema de alta pressão atmosférica começa a ganhar força sobre a Região Sudeste

8 jan 2018
22h28
atualizado em 9/1/2018 às 11h58
  • separator
  • comentários

Um sistema de alta pressão atmosférica começa a ganhar força sobre a Região Sudeste do Brasil durante esta terça-feira fazendo com que as áreas de instabilidade enfraqueçam também sobre o Estado de São Paulo. 

Céu encoberto na cidade de São Paulo
Céu encoberto na cidade de São Paulo
Foto: Foto por Daniel Robert, Guarulhos(SP) / Climatempo

A terça-feira amanheceu nublada e com chuva leve na Grande SP, as chuvas mais intensas hoje são previstas para as áreas do Estado que estão próximas ao Paraná. Na região metropolitana e entre o Vale do Paraíba e o norte do Estado, hoje o Sol reaparece acompanhado por muitas nuvens e a chuva já não será tão frequente. Ainda pode chover várias vezes até a noite, porém, intercalando com períodos de melhoria. A temperatura sobe mais em relação a ontem e a previsão é que esquente mais nos próximos dias.

Tendência

Entre a quarta-feira e quinta-feira, as pancadas de chuva devem se concentrar à tarde e à noite. Pode até chover forte, mas a chuva não ocorre de forma generalizada.

O enfraquecimento das áreas de instabilidade sobre São Paulo nos próximos três dias não significa que a chuva acabou. A circulação de ventos muda novamente no fim de semana e a chuva tende a aumentar.

Balanço

A chuva provocou enchente e deixou desabrigados em Miracatu, no sul do Estado, e causou queda de barreira na rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo ao Sul do Brasil.

Foto de Márcio França, Miracatu (SP)
Foto de Márcio França, Miracatu (SP)
Foto: Foto de Márcio França, Miracatu (SP) / Climatempo

Quanto choveu em SP?

Entre o começo da noite do sábado (6) e o começo da noite do dia 8 de janeiro, o Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) registrou mais de 100 mm em vários locais do Estado. Os postos coletores de chuva monitorados pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) também já registraram mais de 100 mm em 8 dias em diversas áreas do Estado.

Chuva acumulada em SP entre 6 e 8 de janeiro de 2018 (Cemaden)
Chuva acumulada em SP entre 6 e 8 de janeiro de 2018 (Cemaden)
Foto: Climatempo

Chuva na cidade de São Paulo

Segundo o Inmet, o total de chuva acumulado de 1 a 8 de janeiro (até às 10 horas) no Mirante de Santana, na zona norte da cidade de São Paulo, foi de 80,1 mm, o que corresponde a 34% do volume médio de chuva normal para janeiro que é de 237 mm.

Chuva acima de 100 mm em SP de 1 a 8 de janeiro de 2018 (Inmet)
Chuva acima de 100 mm em SP de 1 a 8 de janeiro de 2018 (Inmet)
Foto: Climatempo

O total de chuva acumulado em São Paulo ainda está longe de alcançar a média história para janeiro. A média de chuva janeiro é a mais elevada do ano para a maioria das regiões paulistas, variando de 200 mm a 250 mm em quase todo o Estado. Mas algumas áreas no litoral e no extremo norte possuem média de chuva acima dos 300 mm para janeiro.

Para a maioria das áreas do estado de São Paulo, um total de chuva de 100 a 150 mm representa cerca de 50% da média de chuva para janeiro.

Climatologia de chuva para janeiro na Região Sudeste
Climatologia de chuva para janeiro na Região Sudeste
Foto: Climatempo

 

Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade