0

Centro-Oeste terá chuva atípica esta semana

MS terá chuva muito volumosa

15 mai 2017
17h09
  • separator
  • comentários

O estado de Mato Grosso do Sul será uma das áreas com mais chuva no país até o fim da semana.

A semana começou com muita chuva em Mato Grosso do Sul. Áreas de instabilidade voltaram a se desenvolver sobre o estado e fortes pancadas de chuva foram observadas nesta segunda-feira. Em Jardim, entre 8h e 15h local (9h e 16h em Brasília), o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 54,4 mm. Em Miranda choveu 47,2 mm no mesmo período e a região de Aquidauana acumulou 28,6 mm. Volumes entre 10 e 20 mm acumulados em menos de 24h também foram observados na região de Juti, de Ponta Porã e de Corumbá, segundo o INMET. Já o CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - registrou 27 mm em Campo Grande em apenas 3 horas de chuva, entre 13h40 e 16h40 (local), na região da UPA Aparecida Gonçalves Saraiva.

Fortes pancadas de chuva também foram observadas em áreas de Mato Grosso e de até de Goiás. Em Nova Maringá (MT) choveu 34 mm entre 13h e 15h (local). Em Catalão choveu 11,4 mm em apenas 1 hora, entre 12h e 13h. Para um dia de maio, é bastante chuva!

Esta chuva foi apenas o começo do que se espera para esta semana, que promete der atípica em Mato Grosso do Sul e na maioria das áreas do Centro-Oeste. Maio marca o início do período normal de estiagem na Região e os eventos de chuva ficam cada vez mais esporádicos.

Até o fim da semana, várias pancadas de chuva devem ocorrer especialmente à tarde e à noite em todos os estados e no Distrito Federal. A chuva não será generalizada, mas de qualquer forma será mais frequente do que normalmente se observaria em maio.

Muita chuva em MS

O estado que terá chuva mais forte e volumosa será o Mato Grosso do Sul. As áreas de instabilidade neste estado devem atuar com muita força entre a quinta-feira, 18 e o sábado, 20, provocando chuva bastante volumosa. Em apenas 5 dias pode chover mais do que em geral chove durante todo o mês de maio.

Foto: Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade