2 eventos ao vivo

Calor e secura do ar vão incomodar paulistas no fim de semana

Temperatura bate recorde na cidade de São Paulo e pode chegar aos 40°C no interior paulista Saiba quando SP terá uma trégua do calorão.

11 set 2020
18h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A temperatura na cidade de São Paulo na tarde desta sexta-feira, 11 de setembro, chegou aos 33,7°C igualando a marca recorde para o ano de 2020 que foi registrada em 27 de janeiro. Foi portanto a segunda tarde mais quente deste ano e também uma das mais secas. O nível de umidade no ar chegou aos 16% e o recorde de menor umidade relativa, medida de forma automática, é de 14%, em 27 de janeiro.

O calorão e a secura do ar foram sentidos também pelo interior paulista, onde a temperatura chegou aos 38,8°C em Valparaíso.

O nível mínimo de umidade no ar chegou aos 10% na região de Lins e Jales, aos 11% em Barretos, Votuporanga e em Valparaíso.

A passagem de uma frente fria, mesmo fraca, deixou o litoral cheio de nuvens  e com temperatura amena, que não passou dos 25°C. No fim da tarde até chuviscou em Santos.

Foto: Climatempo

Foto de Tatiane Cravo, Piracicaba (SP)

Mais calor e secura no fim de semana

Este fim de semana será muito quente em todo o estado de São Paulo e o calor pode bater recorde para 2020 na cidade de São Paulo. Temperaturas de até 40°C poderão ocorrer no interior paulista. A Grande São Paulo, o litoral e o interior vão tem sol forte durante todo o fim de semana.

A baixa umidade relativa do ar e o ar poluído também vão incomodar muitos paulistas neste fim de semana.

Mas quando o calorão dará uma trégua em SP? Confira o que vai acontecer com o tempo até o início da primavera que começa oficialmente no dia 22 de setembro, às 10h31, pelo horário de Brasília.

Veja também:

Previsão Brasil - Nova frente fria avança sobre o centro-sul do país
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade