PUBLICIDADE

Até quando vai o veranico em SP?

Bloqueio atmosférico vai manter mais alguns dias secos e com temperaturas acima da média no estado de SP. Confira até quando vai o veranico

6 jul 2022 - 11h37
(atualizado às 11h49)
Ver comentários
Publicidade

A atuação de uma forte massa de ar seco está formando um bloqueio na atmosfera, que impede que as frentes frias avancem pelo país. Com isso, o tempo segue estável em grande parte do Brasil e com baixos índices de umidade relativa do ar.

Na capital, desde o dia 28 de junho, as temperaturas estão acima da média para este período. Tanto em junho, quanto em julho, a média histórica de temperatura máxima é de 22,9°C, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia. Desde o dia 2 de julho as máximas têm ficado cerca de 3/4°C acima da média na estação do Mirante de Santana, na zona norte da cidade.

Esse veranico(sequência de dias secos e com temperatura acima da média) ainda vai durar mais alguns dias. No estado de São Paulo, ainda não há expectativa de virada no tempo pelo menos até a o início da próxima semana.

Não há uma definição técnica exata de veranico na literatura. É um termo controverso, mas que costuma ser usado em períodos de vários dias secos e com temperaturas acima da média.

Foto: Climatempo

São Paulo/SP por Paula Soares

Ar seco e poluído

A preocupação é com a umidade relativa do ar que tem ficado muito abaixo do ideal para a saúde, além da poluição que está acumulada na atmosfera, deixando a qualidade do ar prejudicada.

Na manhã desta quarta-feira(06), as estações que monitoram a qualidade do ar na Grande SP já apontavam diversas estações com qualidade do ar moderada, além de qualidade ruim nas estações Grajaú/Parelheiros e Itaim Paulista. 

Foto: Climatempo

A tendência é de mais alguns dias de sol, sem chuva e com a umidade relativa do ar  abaixo dos 30% por grande parte do estado. Serão dias de grande amplitude térmica, já que as noites e madrugadas ainda ficam mais frias, mas as tardes ficam quentes para os padrões do inverno. 

A capital segue com máximas em torno dos 27/28°C até o começo da próxima semana.

Frente fria fraquinha à vista

Bloqueios atmosféricos de inverno são comuns e em geral são rompidos com uma frente fria mais forte, que não é o caso por enquanto. Entre o final da tarde da sexta(08) e o sábado(09), uma frente fria até vai passar na altura de São Paulo, mas bem fraquinha e afastada em alto-mar. Este sistema até vai trazer uma virada de vento e um pouco mais de nuvens, mas ainda não vai conseguir fechar o tempo e nem provocar chuva. 

O litoral deve ter um sábado com variação de nuvens e temperatura um pouco mais baixa em relação aos dias anteriores, mas a sensação ainda será de um calorzinho à tarde e sem chuva.

A Grande SP e o interior vão seguir com bastante sol no fim de semana e sem nenhuma possibilidade de chuva.

Quando o tempo vai mudar?

Os modelos meteorológicos apontam a chegada uma frente fria mais forte, por volta do dia 13 de julho, que deve conseguir avançar, trazendo um pouco de chuva e alívio na secura do ar. A temperatura deve cair de forma mais expressiva no final da primeira quinzena em parte do sul e leste do estado de São Paulo.

Continue acompanhando as condições do tempo ao longo dos próximos dias!

Climatempo
Publicidade
Publicidade