0

Áreas de instabilidade avançam por SP hoje

Risco de chuva forte aumenta no fim de semana.

4 jan 2018
19h22
atualizado em 5/1/2018 às 08h47
  • separator
  • comentários

As condições para chuva aumentam para o estado de São Paulo nesta sexta-feira, 5, e a primeira semana de 2018 vai terminar como começou, com muitas nuvens e pancada de chuva. O risco de chover forte volta a aumentar no fim de semana com a passagem de uma frente fria pelo litoral paulista.

A maioria das áreas do estado de São Paulo, incluindo a Grande São Paulo e as praias vão poder contar com períodos com sol na manhã desta sexta-feira. Mas as nuvens pequenas e o ar relativamente seco que predominaram na tarde da quinta-feira, darão lugar a nuvens carregadas e a pancadas de chuva na tarde desta sexta-feira, 5 de janeiro. Em áreas próximas da divisa com Minas Gerais, a chuva pode começar já pela manhã.

Do litoral norte e do Vale do Paraíba, passando pela Mantiqueira até a região de Franca e de Ribeirão Preto, as pancadas de chuva à tarde e à noite podem ser moderadas a fortes em alguns momentos. Na Grande São Paulo e nas demais regiões do estado, a chuva volta com até moderada intensidade. A menor chance de chuva para esta sexta-feira é para a faixa oeste e o sul do estado de São Paulo, regiões próximas ao Paraná.

Fim de semana com frente fria

O primeiro fim de semana de 2018 será com risco de chuva forte em todo o estado de São Paulo durante a tarde e noite do sábado e durante o domingo. A chegada de uma frente fria no litoral paulista entre a tarde e a noite do sábado e a intensificação de ventos quentes e úmidos vindos do interior do país vão facilitar a formação de muitas nuvens carregadas por todo o estado de São Paulo.

Grande São Paulo e a maioria das áreas pelo interior ainda devem ter várias horas com sol na manhã do sábado. O litoral norte, a Baixada Santista e o norte do estado podem ter um pouco de chuva já na manhã do sábado.

As condições para chuva aumentam no domingo em todas as regiões paulistas.

Foto: Climatempo

Ar seco

O nível de umidade no ar baixou de forma geral em todas as regiões do estado de São Paulo nesta quinta-feira, 4 de janeiro. Os menores índices medidos pelo Instituto Nacional de Meteorologia ocorreram no leste do estado, com 26% em Taubaté e 28% em Barueri, na Grande São Paulo.

Esta queda no nível de umidade do ar que inibiu o crescimento de grandes nuvens e a ocorrência de chuva em praticamente todo o estado de São Paulo. Radares meteorológicos detectaram pequenas áreas de chuva no fim da tarde em algumas cidades próximas da divisa com Minas Gerais, como Pedregulho, Franca, Cajuru e Tapiratiba.

Tarde seca na capital

Na cidade de São Paulo, o INMET registrou 29% na medição de umidade relativa feita automaticamente e 39% na leitura feita por um técnico em instrumento convencional nesta quinta-feira(4). Nos dois casos, foi a tarde mais seca deste ano até agora e a mais seca desde o dia 17 de dezembro de 2017, quando o nível de umidade no ar medido foi de 38% no modo convencional e de 27% no modo automático.

Foto: Climatempo

Foto por Peter Gatz Birle, São Paulo(SP)

O seu vídeo pode ser divulgado no nosso canal do Youtube, no site e nas redes sociais. É só gravar a condição do tempo e mandar para o nosso Whatsapp: 11 9 9420-7548.

Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade