0

Ar seco e quente no Centro-Oeste do BR

Confira a tendência para a semana

13 jul 2020
04h45
atualizado às 07h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O fim de semana foi marcado por muito sol e calor no Centro-Oeste do Brasil. O ar ficou bem seco, e baixos índices de umidade relativa foram registrados.

Em Cuiabá, por exemplo, segundo dados da estação automática do INMET, a umidade relativa do ar ficou em torno de 20% por volta das 16h no sábado, 11 de julho.

Previsão para segunda-feira

A segunda-feira ainda será um dia quente e muito seco no Centro-Oeste. O sol predomina em todas as localidades, e por enquanto não há condições de chuva na maioria das áreas. Com o avanço de uma frente fria pelo Sul do Brasil, pode chover de forma bem isolada entre a tarde e a noite no sul do estado apenas.

Nas demais localidades, inclusive nas capitais, a umidade relativa do ar ainda pode atingir níveis críticos, abaixo dos 30%. As cidades que ficam no no norte de Goiás e nordeste de Mato Grosso, podem ficar  com a umidade abaixo dos 20%. A situação é de alerta! 

Temperaturas

As temperaturas continuam altas na Região, e as máximas passam dos 30°C por várias cidades. Cuiabá fica entre as capitais mais quentes do Brasil nesta segunda, 13 de julho. A máxima é de 35°C.

Veja como fica a temperatura em Campo Grande, Goiânia e Brasília.

Foto: Climatempo

Foto de Sergio Salles, Cuiabá (MT)

Tendência

Com o deslocamento de uma frente fria, mais umidade vai entrar sobre Mato Grosso do Sul na terça-feira. A previsão já indica chuva inclusive para a capital do estado. Além disso, o calor já vai diminuir no estado.

A frente fria não é forte, por isso não consegue provocar grandes volumes de chuva. Apenas Mato Grosso do Sul que deve sentir mais a influência deste sistema. A partir de quinta, o sol volta forte e o ar fica bem seco novamente.

Mato Grosso, Goiás e o DF ainda seguem com o tempo firme e com predomínio de sol nos próximos dias.

Foto: Climatempo

Veja também:

Previsão Brasil - Nova frente fria influencia o Sul
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade