1 evento ao vivo

Acre e Rondônia sentem nova friagem

Tarde de 13 de agosto foi a mais quente do ano em Porto Velho. Possível recorde de calor pode ter ocorrido em Rio Branco. AC e RO têm muita fumaça.

13 ago 2019
19h38
atualizado às 23h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Porto velho, capital de Rondônia, esquentou um pouco mais e bateu o recorde de calor para 2019 na tarde desta terça-feira, 13 de agosto, pelo terceiro dia consecutivo. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 37,3°C de temperatura máxima às 16 horas (Brasília). O recorde anterior era de 37,2°C observado na tarde da segunda-feira, 12 de agosto. No domingo, a temperatura chegou aos 36,8°C.

Terceira tarde mais quente do ano em Rio Branco

A tarde de 13 de agosto foi a terceira mais quente de 2019 em Rio Branco. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 36,1°C de temperatura máxima às 15 horas (Brasília) e o mesmo valor foi confirmado na leitura feita às 21 horas (Brasília).

Havia uma expectativa de um novo recorde de calor para este ano, mas não foi confirmado. O recorde atual de calor em Rio Branco é de 36,5°C registrado no dia 12 de agosto. 

As três maiores temperaturas de 2019 até agora em Rio Branco foram registradas em agosto:

36,5°C no dia 12 de agosto (recorde atual do ano)

36,2°C no dia 8 de agosto

36,1°C nos dias 1 e 13 de agosto

Fumaça e friagem

A população de Rondônia e também do Acre têm sofrido os incômodos da fumaça das queimadas que se espalham por estes estados há semanas. A visibilidade nas estradas e aeroportos têm estado reduzida por causa da fumaça, inclusive em Porto Velho e em Rio Branco. 

Nesta quarta, 14, e também na quinta-feira, 15 de agosto, o desconforto para os rondonienses e acrianos poderá ser ainda maior, pois a fumaça das queimadas poderá se misturar com a névoa provocada pelo resfriamento do ar. 

Uma nova friagem acontece no Acre e em Rondônia nos próximos dias com a passagem do ar frio de origem polar. O vento frio começou a ser sentido nesta terça-feira, 13, nas áreas ao sul de Rondônia, na fronteira com a Bolívia e até Rio Branco e no sul do Acre.

A presença do ar frio de origem polar será mais perceptível na noite e no amanhecer de quarta e quinta-feira, 15 de agosto. Depois de dias de calor intenso, o ar vai ficar mais fresco e a sensação de calor será menor. 

Não há expectativa de frio intenso como ocorreu no início de agosto quando a temperatura no Acre caiu para menos de 6°C.

Foto: Climatempo

Foto: Luciana Luss. Porto Velho/RO.

Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade