0

Viagem Espacial

Cem pessoas de todo o mundo disputam lugar em voo espacial

AXE Apollo Space Academy levará 22 pessoas para um passeio no espaço em 2014; Brasil está representado na disputa, que terá cobertura do Terra

2 dez 2013
11h10
atualizado às 14h48
  • separator
  • comentários

O sonho de viajar ao espaço está mais próximo para um grupo de 100 pessoas de todo o mundo que essa semana se reúne para a última etapa do AXE Apollo Space Academy (A.A.S.A.) em Orlando, nos Estados Unidos. Lá, os finalistas do projeto vão realizar uma série de atividades que usualmente fazem parte do treinamento de astronautas, como um voo parabólico, em que experimentarão um ambiente com gravidade zero, um simulador de força G extrema e um voo supersônico. O Terra acompanhará essa fase diretamente do local, de onde sairão 22 selecionados para participar de um voo especial em 2014.

Buzz Aldrin participou do lançamento da ação AXE Apollo Space Academy em janeiro
Buzz Aldrin participou do lançamento da ação AXE Apollo Space Academy em janeiro
Foto: Axe Apollo / Divulgação

A ação AXE Apollo Space Academy foi lançada mundialmente em janeiro de 2013 pelo astronauta Buzz Aldrin , segundo homem a pisar na Lua. A primeira fase da campanha ocorreu entre 10 de janeiro e 29 de abril, quando os candidatos deveriam se inscreveram no site do programa para, posteriormente, angariar votos nas redes sociais. "O Brasil liderou a quantidade de interações na primeira fase, com quase dois milhões de votos. Estamos muito felizes com este resultado, que superou nossas expectativas", afirma Rafael Lopes, gerente de marketing de AXE no país.

Apenas os oito brasileiros mais votados passaram à segunda fase: Jackson Savitraz (75.690 votos), Julio Cesar (72.667), Marco Aurelio (68.303), Jose Luiz (42.659), Jonathan Kreia (38.176), Caetano Julio Neto (27.690), Anthony Matheus (26.864) e Marcos de Larah (26.475). Eles foram, então, submetidos a cinco provas de resistência em um desafio nacional, realizado na AXE Apollo Space Arena, especialmente montada no shopping Eldorado, em São Paulo. As provas incluíam atividades como caminhar sobre um colchão inflável após ter sido virado para todos os lados durante um minuto e meio num giroscópio, prova em cama elástica, labirinto com venda nos olhos e parede de escalada.

Os dois participantes que cumpriram as provas da arena em menor tempo foram o advogado Marco Aurélio Gorrasi, de 31 anos, e Julio Cesar Gorrasi, que tem 25 anos e trabalha com TI. Com o resultado, os dois se classificaram para a etapa norte-americana do projeto.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade