1 evento ao vivo

Ministra da Agricultura critica Gisele Bündchen

"Desculpe, Gisele Bündchen, você devia ser a nossa embaixadora e dizer que o seu país preserva", disse Tereza Cristina

14 jan 2019
12h50
atualizado às 12h55
  • separator
  • 32
  • comentários

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, criticou nesta segunda-feira a modelo Gisele Bündchen por dizer que o Brasil desmata, e disse que a convidará para ser embaixadora dos esforços do país para preservar a natureza.

Modelo Gisele Bündchen em Nova York 07/05/2018 REUTERS/Eduardo Munoz
Modelo Gisele Bündchen em Nova York 07/05/2018 REUTERS/Eduardo Munoz
Foto: Reuters

"Desculpe, Gisele Bündchen, você devia ser a nossa embaixadora e dizer que o seu país preserva, que o seu país está na vanguarda do mundo da preservação, e não vir aqui no Brasil meter o pau sem conhecimento de causa", disse a ministra em entrevista à rádio Jovem Pan.

Logo depois, em publicação no Twitter, a ministra acrescentou: "Na Jovem Pan sinalizei que a Gisele Bündchen podia ser embaixadora do Brasil para mostrar que produzimos alimentos para o mundo preservando a natureza. A modelo vai receber, em breve, convite nosso".

Assessores de imprensa de Gisele Bündchen não responderam imediatamente a um pedido de comentário.

Gisele Bündchen, que é casada com o jogador de futebol americano Tom Brady, confrontou duas vezes o ex-presidente Michel Temer nas redes sociais em razão de políticas para reduzir ou eliminar áreas protegidas da Amazônia.

Temer acabou por recuar em ambos os casos, respondendo diretamente a ela no Twitter em uma ocasião após vetar regras que teriam reduzido o tamanho da floresta nacional de Jamanxim, na Amazônia.

Ambientalistas têm criticado o governo do presidente Jair Bolsonaro, alertando que poderá retirar proteções ambientais.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 32
  • comentários
publicidade