2 eventos ao vivo

Ban Ki-moon diz que EUA escolheram o lado "errado da história"

14 jun 2017
09h35
  • separator
  • comentários

O ex-secretário-geral da ONU (2006-16), o sul-coreano Ban Ki-moon, expressou nesta quarta-feira sua "preocupação" pelo anúncio dos Estados Unidos de deixar o Acordo de Paris sobre a mudança climática, afirmando que o país "escolheu o lado errado da história".

"Não é uma questão de emissões, já que os Estados Unidos representam só 14%, mas têm um grande significado político", afirmou o anterior secretário-geral da ONU durante um café da manhã informativo do Fórum Europeu realizado hoje em Madri.

Ban reivindicou o papel dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - aprovados em setembro de 2015 por 193 líderes mundiais - como fiadores de "paz, prosperidade e parceria", fundamentais na nova economia mundial, segundo o diplomata.

Entre eles insistiu no último, o número 17, que procura "revitalizar a aliança mundial para o desenvolvimento sustentável", já que "se não fizermos as coisas certas em termos de mudança climática, não poderemos fazer mais nada", explicou.

"Nenhum dos 17 objetivos pode funcionar de forma isolada aos demais, todos estão relacionados. Para garantir sanidade e educação é preciso prestar atenção na totalidade dos objetivos", afirmou Ban.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade