1 evento ao vivo

Ativistas protestam no Chile contra Monsanto e sementes transgênicas

20 mai 2017
17h58
  • separator
  • comentários

Organizações sociais e ecologistas foram às ruas do Chile neste sábado para protestar contra os perigos para a saúde humana e o meio ambiente provocados pelo uso de sementes transgênicas e agrotóxicos por parte da multinacional Monsanto no país e no restante do mundo.

Dezenas de pessoas participaram da manifestação no centro da capital chilena, convocada pelo Coletivo Ecológico em Ação e apoiada por diversas organizações do país. Os manifestantes afirmam que a Monsanto promove uma política agressiva e expansionista que põe em risco a autonomia alimentar e os cultivos tradicionais.

O Chile tentou aprovar há anos no Congresso uma lei para regular os direitos sobre a produção de sementes, mas a iniciativa não avançou por pressões sociais e de produtores, que lutam contra a privatização desse setor da agricultura.

"A lei Monsanto está arquivada atualmente no Ministério da Agricultura, mas constitui um perigo latente já que poderia ser aprovada a qualquer momento devido à pressão da agroindústria", disse Patricia Núñez, porta-voz do Coletivo Ecológico em Ação.

A organização acredita que o principal risco é a eventual reativação do Tratado Transpacífico (TPP), porque o acordo obrigaria o Chile a ratificar um convênio para privatizar as sementes.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade