0

Schwarzenegger se reúne com Macron e diz que é preciso criar "futuro verde"

23 jun 2017
16h09
  • separator
  • comentários

O ator e ex-governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger, fundador da organização "R20: Regiões de Ação Climática", afirmou nesta sexta-feira que "é importante que possamos criar um futuro verde", após se reunir com o presidente da França, Emmanuel Macron.

Macron recebeu Schwarzenegger pela ocasião do lançamento em Paris do "Pacto Mundial pelo Meio Ambiente", que pretende transformar em um tratado internacional.

Segundo o ator, a reunião no Palácio do Eliseu foi "fantástica" e Macron, assim como ele, está "apaixonado" pelos assuntos de meio ambiente e será um "grande líder" nesta área para seu país e para o mundo.

Schwarzenegger insistiu que "todos os países devem participar" das iniciativas climáticas porque os problemas são de alcance mundial, uma mensagem alinhada a suas críticas ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por ter retirado o país do Acordo de Paris de dezembro de 2015 sobre a mudança climática.

"Não existe um ar liberal ou um ar conservador. Todos respiramos o mesmo ar", argumentou.

Antes de deixar o pátio do Palácio do Eliseu, Schwarzenegger se despediu da primeira-dama da França, Brigitte Macron, que amanhã assistirá ao encerramento do lançamento do chamado "Pacto Mundial pelo Meio Ambiente".

Tal iniciativa foi impulsionada, entre outros, por Laurent Fabius, que conduziu as negociações finais do Acordo de Paris quando era ministro das Relações Exteriores da França; o ex-secretário geral da ONU Ban Ki-moon, e o novo ministro francês da Transição Ecológica, Nicolas Hulot, além do próprio Schwarzenegger.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade