PUBLICIDADE

Saiba qual cidade brasileira permite observar Andrômeda

2 dez 2014
14h31 atualizado às 17h43
0comentários
14h31 atualizado às 17h43
Publicidade
<p>Nova Friburgo, na região serrana do Rio, está entre as dez melhores cidades brasileiras para observação do céu</p>
Nova Friburgo, na região serrana do Rio, está entre as dez melhores cidades brasileiras para observação do céu
Foto: Flávia Namen / Especial para Terra

Que tal aproveitar este 2 de dezembro, Dia Nacional da Astronomia, para saber quais são os melhores pontos de observação do céu do País? A lista contempla dez cidades de norte a sul do Brasil e foi divulgada recentemente pelo Observatório Nacional, após levantamento feito com pesquisadores e astrônomos. A seleção levou em conta critérios como distância dos grandes centros luminosos e baixo índice de poluição atmosférica, requisitos que facilitam a apreciação dos corpos celestes.

Nova Friburgo, na região serrana do Rio de Janeiro, é um dos municípios que integra a lista por sua localização privilegiada, afastada do mar e das metrópoles. Cercada de montanhas que permitem uma boa visão do céu, a cidade é a única no Estado que consta na seleção, publicada na revista científica Galileu. O fato não surpreendeu os moradores, acostumados com a nitidez e luminosidade do céu friburguense, especialmente nos bairros e distritos mais afastados do centro. O município conta, inclusive, com um planetário e uma praça de observação onde são promovidas uma série de atividades.

O professor de ciências e astronomia, Reinaldo Kiss Ivanicska Júnior, diretor do Planetário de Nova Friburgo, também não ficou surpreso com a inclusão do município serrano na seleta lista. “Pelo fato de não ser uma cidade industrial, temos um céu claro, perfeito para observação nas localidades mais altas e afastadas do centro. Inclusive, a visão que se tem a partir da montanha do Caledônia é fantástica! De lá é possível ver a galáxia de Andrômeda, fato raro no Hemisfério Sul, graças a sua elevação. O Caledônia é a segunda maior montanha da Serra do Mar, com mais de 2.200 metros de altitude, o que o torna um excelente lugar para apreciar o céu”, ressalta ele.

Vale destacar que, segundo Ivanicska, as cidades do interior do País como Nova Friburgo são ótimos pontos de observação do espaço celeste e até mesmo a olho nu é possível enxergar algumas constelações e planetas. Outras dicas importantes para ver os corpos brilhantes no céu, de acordo com o professor, são fugir de ambientes com muita luz artificial, grande atividade industrial ou muito trânsito e evitar as áreas próximas a praias, lagoas e rios devido a nebulosidade causada pela evaporação da água. Ivanicska destaca que os pontos ideais para a observação amadora são altos, frescos e com pouca possibilidade de chuva. “Uma boa carta celeste e um bom lugar de observação são o suficiente para quem é iniciante. Muita gente às vezes compra telescópios, não sabe utilizar e acaba largando a astronomia de lado”, conclui ele.

Confira abaixo os melhores pontos do Brasil:

- Brazópolis (MG), a 450 km de Belo Horizonte e 215 km de São Paulo
- Itacuruba (PE), a 466 km do Recife
- Sossego (PB), a 237 km de João Pessoa
- Pé da Serra (BA), a 173 km de Salvador
- Anápolis (GO), a 55 km de Goiânia
- Itabira (MG), a 99 km de Belo Horizonte
- Nova Friburgo (RJ), a 137 km do Rio de Janeiro
- Atibaia (SP), a 60 km de São Paulo
- Paranaguá (PR), a 90 km de Curitiba
- Nova Hamburgo (RS), a 60 km de Porto Alegre

Fonte: Especial para Terra
Publicidade
Publicidade