PUBLICIDADE

Pesquisadores criam a câmera mais rápida do mundo

A máquina poderá ser usada em várias áreas da ciência e captura imagens em uma velocidade de até 100 bilhões de quadros por segundo

5 dez 2014 19h41
| atualizado às 19h42
ver comentários
Publicidade
<p>A câmera 2D permite mostrar até mesmo a propagação de uma partícula de luz no interior de algum material</p>
A câmera 2D permite mostrar até mesmo a propagação de uma partícula de luz no interior de algum material
Foto: Twitter

Bioengenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, conseguiram desenvolver a câmera fotográfica mais rápida do mundo.

Apresentada na revista norte-americana Nature, a invenção captura imagens coloridas em uma velocidade de até 100 bilhões de quadros por segundo. A câmera 2D permite mostrar eventos que até então não podiam ser vistos pelos aparelhos existentes, como a propagação de uma partícula de luz no interior de algum material.

A máquina funciona a partir de uma tecnologia chamada "Compressed Ultrafest Photography" (CUP), que possibilita obter fotos mais velozes, combinada com uma "steak camera", que mede a variação da intensidade de um impulso de luz.

Ela será útil para várias áreas da ciência, como a biomedicina, a astronomia e a balística. Segundo os próprios pesquisadores, a máquina fotográfica poderia ajudar até no caso do assassinato do ex-presidente dos Estados Unidos John Kennedy

Fonte: Ansa Brasil
Publicidade
Publicidade