PUBLICIDADE

Pedra de 1,6 mil anos pode revelar segredos da Grã-Bretanha

Bloco de 27 kg era vendido como ornamento de jardim

11 fev 2015 11h09
| atualizado às 11h31
ver comentários
Publicidade
Pedra encontrada estava sendo vendida como ornamento de jardim
Pedra encontrada estava sendo vendida como ornamento de jardim
Foto: Facebook/James Balme / Reprodução

Uma pedra com inscrições desconhecidas e incomuns, vendida como ornamento de jardim, pode ter mensagens escondidas de mais de 1.600 anos. Segundo o Daily Mail, o bloco de 27 quilos foi comprado por um britânico arqueólogo e apresentador de TV que acredita que pode ter sido esculpido por anglo-saxões. Agora, o britânico tenta desvendar seu mistério.

James Balme disse que as formas encontradas na pedra sugerem se tratar de símbolos. A pedra teria sido encontrada em Leicester por alguém que pensou se tratar de enfeite no jardim – e assim foi sendo passada de mão em mão. “Deparei-me com o bloco de pedra esculpida à venda como um ornamento de jardim incomum. Como eu reconheci imediatamente o quão importante pode vir a ser apenas tive que comprá-lo para salvá-lo de acabar em outro jardim ou, até mesmo, de ser jogado fora, na pior das hipóteses”, contou.

Depois de limpar a pedra, Balme percebeu que as formas e estilo de escultura parecem ser da arte Anglo-Saxônica, um período que vai desde 410 e 1.066 antes de Cristo. Após a descoberta, publicou uma mensagem no Twitter, pedindo ajuda para desvendar o mistério: “ajuda é bem-vinda na identificação dessa pedra recentemente descoberta, é saxônica ou mais antiga?”, escreveu.

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade