0

Cientistas dizem ter treinado cães para identificar câncer

18 jun 2010
08h37
atualizado às 08h41

Um grupo de pesquisadores franceses diz ter conseguido treinar cães da raça pastor belga Malinois para detectar câncer de próstata. Segundo os pesquisadores, os animais conseguem diferenciar os portadores da doença pelo cheiro da urina. As informações são do Live Science.

Cão da raça retriever foi transformado em tigre
Cão da raça retriever foi transformado em tigre
Foto: O Dia

Segundo a reportagem, médicos do hospital Tenon, em Paris, treinaram os cães que identificaram corretamente 63 dos 66 participantes do treinamento. O experimento pode parecer estranho, mas os cachorros são conhecidos pela capacidade de seu olfato, 100 mil vezes mais apurado que o nosso, e utilizado para localizar drogas, explosivos e fugitivos da Justiça, entre outras coisas.

Segundo o líder da pesquisa, Jean-Nicolas Cornu, os cães conseguem "certamente identificar o odor da molécula que é produzida pelas células cancerígenas". De acordo com a reportagem, cientistas estão cautelosos com os resultados e afirmam que é necessário que os testes sejam reproduzidos para se ter certeza de seus efeitos. Além disso, os animais podem ter notado sugestões inconscientes dos pesquisadores sobre quais amostras era de pacientes com câncer e quais não eram - o que já ocorreu em outros casos de animais treinados.

Contudo, se a capacidade dos cães de detectar câncer de próstata for provada, ela poderá ser mais acertada que os atuais testes, que detectam altos índices de um antígeno específico e têm um alto nível de falsos positivos.

Fonte: Redação Terra
publicidade