PUBLICIDADE

Novas descobertas da 'partícula de Deus' surpreendem físicos

10 ago 2012 09h30
Publicidade

Uma análise preliminar de dados coletados no maior acelerador de partículas do mundo, o LHC, indicou que o bóson de Higgs, ou partícula de Deus, que seria responsável por dar massa a tudo o que existe, não está se portando como o previsto, a julgar pela teoria que previu sua existência, o Modelo Padrão. Se confirmado, o "mal comportamento" da partícula seria a deixa para uma nova era da física. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

A existência do bóson explicaria porque o Sol pode produzir energia e criaturas humanas podem existir. Oscar Éboli, do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), liderou o estudo e afirma que com os novos resultados, outras descobertas podem estar próximas. "Se de fato for confirmado que o Higgs está decaindo mais que o esperado em dois fótons, isso pode significar que novas partículas podem estar dentro do alcance de descoberta do LHC", disse.

Fonte: Terra
Publicidade