2 eventos ao vivo

Jovem com "ameba comedora de cérebros" mostra sinais de recuperação

5 ago 2013
12h46
atualizado às 14h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Jovem mostrou sinais de recuperação no final de semana
Jovem mostrou sinais de recuperação no final de semana
Foto: Facebook / Reprodução

A mãe da americana Kali Hardig, 12 anos, afirmou no domingo que a adolescente conseguiu alcançar e apertar sua mão com as próprias forças. A jovem está internada em um hospital do Arkansas após ser infectada por uma "ameba comedora de cérebro". 

"Foi o melhor sentimento de todos", diz Traci Hardig, mãe da menina, à TV KTHV, afiliada da CBS. Ela diz que os médicos reduziram a sedação, mas a ventilação mecânica só vai ser retirada quando Kali estiver mais forte.

Chamada de "ameba comedora de cérebros", segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, a ameba vive na água e entra no corpo pelo nariz, de onde segue até o cérebro.

Não há risco de contaminação por beber água, afirmam os especialistas. De acordo com os CDC, foram registrados 128 casos desde 1962 nos Estados Unidos - não fica claro se Kali está incluída nesse número.

Colegas levantam US$ 8 mil
Segundo a TV, no sábado, colegas de Kali conseguiram arrecadar US$ 3 mil para ajudar a pagar as despesas hospitalares da jovem. No domingo, eles foram às ruas da cidade de Benton e levantaram mais US$ 5 mil. "Eu não posso acreditar. Estou em choque", disse a mãe ao saber da ação dos amigos de Kali.

 
 

Veja também:

Investidores internacionais pedem resultados contra desmatamento
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade