0

Fósseis de "dragão" reescrevem história dos dinossauros

"Nossas descobertas indicam que o leste da Ásia ainda estava conectado a outros continentes à época", observou Xu.

24 jul 2018
16h34
atualizado às 18h13
  • separator
  • comentários

Fósseis escavados na encosta de uma colina no noroeste da China estão obrigando os cientistas a repensarem a história de uma linhagem de dinossauros que produziu os maiores animais que já caminharam sobre o planeta.

Cientistas anunciaram nesta terça-feira a descoberta do lingwulong shenqi, um dos primeiros membros de um grupo bem conhecido de dinossauros herbívoros chamados saurópodes, que tinham pescoços e rabos longos, cabeças pequenas e pernas semelhantes a colunas. O lingwulong viveu 174 milhões de anos atrás, durante o Período Jurássico.

Seu nome significa "dragão espantoso de Lingwu", a cidade mais próxima do local onde um agricultor avistou os fósseis enquanto pastoreava ovelhas.

O lingwulong representa o membro mais avançado de que se tem conhecimento da linhagem dos saurópodes e se define por traços anatômicos que o distinguem dos saurópodes primitivos surgidos dezenas de milhões de anos antes.
O lingwulong representa o membro mais avançado de que se tem conhecimento da linhagem dos saurópodes e se define por traços anatômicos que o distinguem dos saurópodes primitivos surgidos dezenas de milhões de anos antes.
Foto: Xu Xing/Handout / Reuters

Os cientistas escavaram ossos de ao menos 10 exemplares de lingwulong, o maior dos quais tinha cerca de 17,5 metros de comprimento, disse o paleontólogo Xing Xu, da Academia Chinesa de Ciências, que comandou o estudo publicado no periódico científico Nature Communications.

O lingwulong representa o membro mais avançado de que se tem conhecimento da linhagem dos saurópodes e se define por traços anatômicos que o distinguem dos saurópodes primitivos surgidos dezenas de milhões de anos antes.

A descoberta antecipa em 15 milhões de anos o surgimento dos saurópodes avançados, uma linhagem que mais tarde incluiu gigantes jurássicos como o diplodoco e o brontossauro, além de colossos do Período Cretáceo como o argentinossauro, o dreadnoughtus e o patagotitan, os maiores animais já registrados.

O lingwulong representa o membro mais avançado de que se tem conhecimento da linhagem dos saurópodes e se define por traços anatômicos que o distinguem dos saurópodes primitivos surgidos dezenas de milhões de anos antes.
O lingwulong representa o membro mais avançado de que se tem conhecimento da linhagem dos saurópodes e se define por traços anatômicos que o distinguem dos saurópodes primitivos surgidos dezenas de milhões de anos antes.
Foto: Zhang Zongda/Handout / Reuters

"Anteriormente pensávamos que todos os saurópodes avançados se originaram cerca de 160 milhões de anos atrás e se diversificaram e se espalharam rapidamente através do planeta em um espaço de tempo curto, talvez de 5 milhões de anos", disse o paleontólogo Paul Upchurch, da University College de Londres, coautor do estudo.

"Entretanto a descoberta do lingwulong significa que essa hipótese é incorreta, e agora temos que trabalhar com a ideia de que, na verdade, este grupo e suas grandes linhagens constituintes se originaram um tanto antes e mais gradualmente", explicou Upchurch.

"Nossas descobertas indicam que o leste da Ásia ainda estava conectado a outros continentes à época", observou Xu.

Veja também:

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade