0

China quer construir "aldeia marciana" para simular Marte

Local será usado para pesquisas e experimentos científicos

26 jul 2017
16h03
  • separator
  • comentários

A China anunciou nesta quarta-feira (26) que planeja construir a primeira "aldeia marciana", que simulará o território de Marte. O local será criado na prefeitura autônoma mongol-tibetana de Haixi, na província de Qinghai, informou o canal chinês CGTN .

Marte é um planeta de condições extremas - as temperaturas vão de -80°C a 20°C
Marte é um planeta de condições extremas - as temperaturas vão de -80°C a 20°C
Foto: NASA / NASA

De acordo com o Centro de Investigação da Lua e Espaço Profundo da Academia Chinesa de Ciências (SACMDE), o espaço será usado para pesquisas e simulações de experimentos científicos .

A região, que possui 9,5 milhões de km², foi escolhida devido a suas condições climáticas, que são relativamente duras. O ambiente também quase não tem vegetação, o que o torna muito "parecido com a superfície de Marte", explicou Liu Xiaoqun, diretor do SACMDE.

Segundo ele, a vila marciana poderá se tornar um centro turístico e educativo, além de ser um atrativo para a economia da região de Qinghai, localizada a oeste de Pequim.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade