PUBLICIDADE

Covid-19 volta a crescer nas Américas e maior alta é na América do Sul, aponta Opas

15 jun 2022 15h04
| atualizado às 15h06
ver comentários
Publicidade

Os casos de Covid-19 no continente americano saltaram em 11% na semana passada, em relação à semana anterior, com 1,2 milhão de novos casos e 4.609 novas mortes, anunciou a Organização Panamericana de Saúde (Opas) em uma entrevista coletiva na quarta-feira.

A América do Sul viu a maior alta de casos, com um crescimento de 20%, enquanto a América Central registrou queda de 32% em novos casos e mortes, segundo a Opas. A América Central teve o maior aumento de mortes relacionadas à Covid no último relatório da Opas do dia 1º de junho.

Os Estados Unidos tiveram 2% de alta em hospitalizações e 4,2% em internações em unidades de UTI pela sétima semana seguida. O México reportou 31 mil casos, alta de 71%, afirmou a diretora da Opas, dra. Carissa Etienne.

No Caribe, os casos subiram em 3,7%, enquanto as mortes caíram em 19% em comparação à semana anterior.

Dos 34 países e territórios com dados disponíveis no continente, as hospitalizações por Covid-19 cresceram em 15 deles ao longo da semana passada, com altas nas internações em UTIs em 10 países e territórios, acrescentou a diretora.

"Nossos sistemas de saúde estão aguentando pois a maioria das pessoas nas Américas estão vacinadas contra o vírus, e mais protegidas contra quadros graves da doença e morte", disse Etienne.

"No entanto, muitas pessoas continuam não-vacinadas, e essas estão em risco muito maior de precisar de um leito hospitalar ou até de morrer pela Covid-19."

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade