PUBLICIDADE

EUA vão declarar extinção de 23 espécies

Cientistas do governo esgotaram os esforços para encontrar as espécies; pica-pau-bico-de-marfim está entre os extintos

29 set 2021 11h45
| atualizado às 12h42
ver comentários
Publicidade
Pica-pau de bico de marfim é visto em área remota do Estado norte-americano do Arkansas em 2005
28/04/2005 REUTERS/FeedRoom Video for Reuters.com
Pica-pau de bico de marfim é visto em área remota do Estado norte-americano do Arkansas em 2005 28/04/2005 REUTERS/FeedRoom Video for Reuters.com
Foto: Reuters

O pica-pau-bico-de-marfim e mais 22 pássaros, peixes e outras espécies serão declarados extintos pelo Serviço de Peixes e Vida Selvagem dos Estados Unidos nesta quarta-feira (29), noticiou a mídia norte-americana.

Cientistas do governo esgotaram os esforços para encontrar as 23 espécies e alertaram que a mudança climática, somada a outras pressões, pode tornar tais desaparecimentos mais comuns, relatou a agência de notícias Associated Press.

"Cada uma destas 23 espécies representa uma perda permanente da herança natural de nossa nação e da biodiversidade global", disse Bridget Fahey, que supervisiona a classificação de espécies do Serviço de Peixes e Vida Selvagem, segundo citação do jornal New York Times.

"E é um lembrete desalentador que a extinção seja uma consequência da mudança ambiental causada pelos humanos", acrescentou Fahey.

As extinções incluem 11 pássaros, oito mexilhões de água doce, duas espécies de peixe, um morcego e uma planta, de acordo com o NYT.

O Serviço de Peixes e Vida Selvagem não respondeu de imediato a um pedido de comentário fora do horário de expediente.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade