7 eventos ao vivo

Candidato a presidente da Câmara, Fábio Ramalho promete a Bolsonaro que votará reformas

'Eu vim dizer ao presidente que votarei pelas reformas de graça, sem toma lá, dá cá', disse o deputado após encontro com o presidente

7 jan 2019
16h59
  • separator
  • 0
  • comentários

O deputado Fábio Ramalho (MDB-MG) esteve nesta segunda, 7, no Palácio do Planalto para apresentar sua candidatura ao comando da Câmara ao presidente Jair Bolsonaro. Na saída, ele relatou que se comprometeu com Bolsonaro a votar as reformas, especialmente a da Previdência, independentemente do apoio do governo.

"Eu vim dizer ao presidente que votarei pelas reformas de graça, sem toma lá, dá cá", afirmou. Foi uma indireta de Ramalho, que hoje ocupa a vice-presidência da Câmara, para concorrentes. Na entrevista, o deputado disse que tem "bastante" votos no PSL, partido do presidente. O partido declarou oficialmente apoio a Rodrigo Maia (DEM). "Eu não vendo o que não posso entregar, e ele (Bolsonaro) concorda que tenho palavra."

Questionado sobre a resposta de Bolsonaro em relação a suas declarações, o deputado respondeu que o presidente não lhe garantiu nem lhe negou apoio. Referindo-se a Maia, Ramalho disse que o colega "vendeu para o mundo inteiro" que faria as reformas no governo Michel Temer e não fez. "A gente tem uma panelinha lá, e com panelinha não se aprova nada".

Ramalho apareceu no Palácio com uma bolsa e uma sacola para presentear Bolsonaro com queijo, linguiça, sorvete de queijo, manteiga de garrafa, azeite, pé de moleque. Bolsonaro abriu os quitutes e os degustou na frente do deputado, relatou. A uma pergunta se ele estava sugerindo que Rodrigo Maia estaria fazendo negociação para se reeleger e garantir a aprovação das reformas, ele respondeu: "Não estou sugerindo, é só ver o que aconteceu no governo Temer, que entregou muitos ministérios e não recebeu nada", observou.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade