Papa pede que pais não condenem filhos por orientação sexual

O Papa Francisco pediu nesta quarta-feira, 26, que os pais não condenem os filhos por causa de orientação sexual, mas sim ofereçam apoio a eles. O pontífice fez o comentário durante audiência semanal no Vaticano em referência às dificuldades que os pais podem enfrentar na criação dos filhos. "Essas questões incluíam pais que veem diferentes orientações sexuais em seus filhos e como lidar com isso, como acompanhar seus filhos e não se esconder atrás de uma atitude de condenação", afirmou Francisco.

Equipe portal Equipe portal
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade