0

União Química pede aval da Anvisa para uso emergencial de 10 mi de vacinas Sputnik V

16 jan 2021
12h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A União Química informou neste sábado que protocolou na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na véspera pedido para uso emergencial no Brasil da vacina Sputnik V, contra Covid-19.

Doses da vacina Sputnik V contra Covid-19 chegam a aeroporto de Buenos Aires. 16/1/2021. REUTERS/Agustin Marcarian
Doses da vacina Sputnik V contra Covid-19 chegam a aeroporto de Buenos Aires. 16/1/2021. REUTERS/Agustin Marcarian
Foto: Reuters

O pedido, feito em conjunto com o Fundo de Investimentos Diretos da Rússia (RDIF), prevê a disponibilização de 10 milhões de doses do imunizante neste primeiro trimestre do ano.

"A Sputnik V (...) será produzida em nossas fábricas de Brasília e de Guarulhos, através de acordo de transferência de tecnologia firmado entre a companhia e o RDIF", afirmou a União Química em comunicado.

Neste domingo, a diretoria da Anvisa deve se reunir para decidir sobre pedidos de aval para uso emergencial das vacinas contra Covid-19 do Instituto Butantan e da Fiocruz, respectivamente a CoronaVac e a AstraZeneca-Oxford.

Veja também:

Mulher é presa com 11 quilos de maconha na rodoviária de Cascavel
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade