PUBLICIDADE

Teto de juros do consignado para beneficiário do INSS cai para 1,72% ao mês

28 fev 2024 - 20h28
Compartilhar
Exibir comentários

O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) aprovou nesta quarta-feira uma redução do teto dos juros cobrados em operações de crédito consignado para beneficiários do INSS, informou o Ministério da Previdência Social.

O teto para operações com desconto em folha caiu de 1,76% para 1,72% ao mês, enquanto o limite nas operações de cartão de crédito e cartão consignado de benefício passou de 2,61% para 2,55% ao mês.

De acordo com o ministério, os novos tetos entrarão em vigor cinco dias úteis após a publicação da resolução do CNPS no Diário Oficial da União. O representante do sistema financeiro foi o único a votar contra a redução. A última redução desse limite de juro fora feita no mês passado.

"Nós entendemos que essa redução acompanha o momento que nosso país está vivendo, de redução dos juros e aquecimento da economia", afirmou em nota o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi.

O CNPS também anunciou a criação de um grupo de trabalho para estudar a criação de uma metodologia permanente para ajustar as taxas máximas de juros do consignado.

"Com o grupo poderemos aprofundar essa discussão, para chegarmos a um método que ajuste automaticamente essas taxas. Ganharemos tempo e segurança no processo", acrescentou o ministro.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade