0

Regularização fundiária não eleva desmatamento, ajudará no controle, defende ministra

9 jul 2020
12h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, defendeu nesta quinta-feira que uma medida provisória sobre regularização fundiária publicada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro não aumentará o desmatamento e disse que houve uma "distorção" nas discussões sobre a iniciativa.

Tereza Cristina durante entrevista à Reuters em Brasília
 18/1/2019 REUTERS/Ueslei Marcelino
Tereza Cristina durante entrevista à Reuters em Brasília 18/1/2019 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

Segundo ela, investidores vinham questionando se um projeto de lei decorrente da MP poderia elevar o desmatamento caso aprovado, mas o governo garantiu que isso não ocorrerá.

A ministra argumentou que a medida vai modernizar o sistema e acelerar regularizações fundiárias, o que permitirá que proprietários de terras tenham títulos e exigirá deles o cumprimento de regras ambientais.

Com isso, o governo acredita que terá um maior controle, acrescentou a ministra.

Veja também:

Lava Jato prende secretário de Transportes de SP por supostos desvios na Saúde
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade