0

Presidente do STF defende diálogo para avançar com reformas no país

4 fev 2019
16h35
  • separator
  • comentários

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, defendeu nesta segunda-feira um pacto entre os três Poderes para a realização das reformas previdenciária, tributária e fiscal e destacou que o diálogo é "fundamental" para o avanço da agenda de reformas.

Presidente Bolsonaro (E) e presidente do STF, Dias Toffoli, durante cerimônia no Congresso 6/11/2018 REUTERS/Adriano Machado
Presidente Bolsonaro (E) e presidente do STF, Dias Toffoli, durante cerimônia no Congresso 6/11/2018 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

"Por isso, venho propondo a celebração de um novo grande pacto entre os três Poderes da República, que envolva reformas fundamentais, como a previdenciária e a fiscal/tributária, e compreenda, necessariamente, uma repactuação federativa, evitando que Estados e municípios cheguem a um quadro insustentável de inadimplência", disse o presidente do STF.

Segundo Toffoli, neste momento, o país precisa de retomada do caminho do desenvolvimento, que volte a crescer, gerar empregos, voltar a ter equilíbrio fiscal e combater a criminalidade no país.

Para Toffoli, passadas as eleições para o comando do país e para as Casas do Congresso, o Brasil caminha a passos largos para a institucionalidade em vez da pessoalidade. "As pessoas passam e as instituições ficam", disse.

O presidente do STF também disse que é preciso aumentar os "esforços em relação à segurança pública, de modo que sejamos capazes de fortalecer o combate à corrupção, ao crime organizado e à epidemia de violência e de homicídios que assola o Brasil".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade