Leite e Mandetta defendem reforma política

O repórter Pedro Venceslau questionou Eduardo Leite sobre possíveis mudanças no sistema político brasileiro, como a adoção do semipresidencialismo, por exemplo. O comentário foi de Luiz Henrique Mandetta. Leite disse ser parlamentarista e defendeu uma reforma política, com redução no número de partidos. "A governabilidade se torna muito difícil. Para migrar para um sistema parlamentarista, o caminho é mais longo". Ele defendeu que o próximo presidente do Brasil não possa ser candidato à reeleição e uma reforma política. O ex-ministro da Saúde e ex-deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM) acredita que o parlamentarismo como modelo levaria muito tempo para ser entendido pelos brasileiros, que já rejeitaram o modelo em outro momento. Defendeu, contudo, uma reforma política para "pacificar o País".

Estadão
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade