TODOS OS VÍDEOS

Direto ao Ponto: Bebianno continua disparando sua metralhadora giratória contra os Bolsonaros

A semana começou com a exoneração do ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Gustavo Bebianno, depois de dias sendo fritado publicamente. O troco não demorou. Assim que se viu fora do Palácio do Planalto, ele deu uma entrevista de duas horas a uma rádio, dizendo que o presidente Jair Bolsonaro havia sido vítima de ‘macumba psicológica’ de seu filho Carlos. O vereador, aliás, o maior desafeto de Bebianno, foi citado em uma matéria da revista Época onde aliados do ex-ministro o chamam pejorativamente de “Tonho da Lua”, numa alusão ao personagem abobalhado interpretado pelo ator Marcos Frota da novela global Mulheres de Areia. Além disso, a IstoÉ deste final de semana, que traz denúncias contra outro filho de Bolsonaro, o senador Flávio, cita ‘as bombas’ que o ex-ministro teria contra os Bolsonaros.

Estadão Conteúdo
publicidade