TODOS OS VÍDEOS

Alexandre Kalil: falta para o presidente Bolsonaro dizer que 'errou'

Considerado um dos políticos mais rígidos na adoção de normas de enfrentamento ao novo coronavírus, o prefeito de Belo Horizonte foi intimado pelo Supremo Tribunal Federal no domingo de Páscoa a cumprir a decisão tomada pelo ministro Kassio Nunes Marques de liberar cultos e missas em templos religiosos. Em entrevista para a TV Estadão, Kalil também disse que ninguém é inimigo do presidente Jair Bolsonaro e todos precisam dele.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade