1 evento ao vivo

Reeleito, Silval Barbosa assume segundo mandato no MT

1 jan 2011
11h28
atualizado às 11h45
Sonia Fiori
Direto de Cuiabá

O governador reeleito de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), e o vice-governador Francisco Tarquino Daltro (PP), o Chico Daltro, tomaram posse neste sábado, às 9h25, em sessão solene na Assembleia Legislativa do Estado, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour. A solenidade foi aberta pelo presidente da Casa de Leis, deputado Mauro Savi (PR).

Estiveram presentes representantes das bancadas estadual e federal, autoridades dos poderes constituídos, convidados e representantes da oposição. No discurso, Silval conclamou apoio dos parlamentares e poderes constituídos e avisou que irá cobrar com rigor resultados dos secretários indicados por partidos.

Em seguida, o chefe do Executivo estadual se desloca para o Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, para passar em revista à tropa. Na sequência, receberá a faixa e dará posse à equipe de secretários, antes de seguir viagem para Brasília, onde participa da posse da presidente Dilma Rousseff (PT).

Silval Barbosa (PMDB) foi reeleito governador de Mato Grosso ainda no primeiro turno com 759.805 votos (51,21%). Ele assumiu o governo em março de 2010, após Blairo Maggi (PR) deixar o cargo para concorrer ao Senado. O segundo colocado no pleito, o empresário Mauro Mendes (PSB), teve 472.475 (31,84%).

A coligação vencedora tem como vice, Francisco Daltro (PP), e conta ainda com o apoio do PT e PR. As siglas aliadas serão as principais contempladas na nova composição estadual.

Para administrar o Estado, Barbosa deve contar com o apoio de Maggi na articulação junto ao governo federal, devido à relação próxima que o ex-governador tem com a presidente eleita, Dilma Rousseff (PT).

Barbosa também espera respaldo da petista para projetos desenhados para a Copa de 2014. Cuiabá é uma das 12 subsedes do Mundial. Junto com o prefeito da capital, Chico Galindo (PTB), o chefe do executivo estadual reforçou os pedidos de apoio da bancada federal para destino de emendas para as obras delineadas para a Copa.

O governador Silval Barbosa pretende ainda desenvolver um mandato com a marca "humanista". Além de prometer a evolução do desenvolvimento econômico e industrial do Estado, ele reitera o compromisso com a transformação social. Ele segue a linha política municipalista, sendo um representante dos setores empresarial e produtivo do Estado.

Silval Barbosa nasceu no dia 26 de abril de 1961, em Borrazópolis, no Estado do Paraná. Filho de Antônio da Cunha Barbosa e Joana da Cunha Barbosa, é casado com Roseli Barbosa, com quem tem três filhos: Rodrigo, Carla e Ricardo. Ele se mudou para Mato Grosso em 1977, quando, no norte do Estado, participou do processo de colonização de cidades como Matupá, Guarantã do Norte, Itaúba, Marcelândia e Novo Mundo. No período, ingressou no PTB, deixando a sigla em 1995 para se filiar ao PMDB.

O peemedebista é bacharel em Direito e empresário. Seu primeiro cargo público foi como prefeito de Matupá (695 km ao norte de Cuiabá) de 1993 a 1996. Em 1998, se elegeu deputado estadual e em 2002 foi reeleito. No ano seguinte, ele tornou-se primeiro-secretário do Legislativo de Mato Grosso (2003-2004). Em 2004, foi nomeado presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa e permaneceu no cargo de 2005 a 2006. Em 2006, Silval Barbosa foi eleito vice-governador do Estado.

Silval Barbosa tomou posse e prometeu cobrar com rigor os resultados em seu governo
Silval Barbosa tomou posse e prometeu cobrar com rigor os resultados em seu governo
Foto: Mauricio Barbant / Especial para Terra
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade