PUBLICIDADE

Política

Moraes recura e manda reativar reportagens sobre acusações de ex-mulher de Lira

19 jun 2024 - 21h26
Compartilhar
Exibir comentários

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, voltou atrás ontem e determinou a reativação dos links de vídeo do jornal Folha de S.Paulo e de textos dos portais Terra e Brasil de Fato que tratavam sobre acusações de Jullyene Lins contra o atual presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Jullyene é ex-mulher de Lira. Nos conteúdos, ela acusa o ex-marido de agressões físicas. Em 2015, Lira foi absolvido no âmbito do processo. A versão de Jullyene é a de que ela foi ameaçada para que mudasse seu depoimento na ação.

Moraes havia determinado anteontem a remoção dos links a pedido do parlamentar. No novo despacho, Moraes sustenta que, em "juízo de cognição sumária", entendeu que era necessária e urgente a remoção dos links por suposto abuso de exercício de um direito. No entanto, o ministro diz ter verificado, após os bloqueios, que alguns dos links eram de reportagens jornalísticas "que já se encontravam veiculadas anteriormente, sem emissão de juízo de valor" e não podem ser consideradas como "conteúdo ofensivo e inverídico", como alegou Lira. A ordem de derrubada segue em vigor para um vídeo do canal Mídia Ninja e dez publicações no X.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade