PUBLICIDADE

Modalmais/AP Exata: governo tem 50,3% de avaliações negativas; 26,9% de positivas

24 set 2021 20h24
ver comentários
Publicidade

Pesquisa feita pelo banco Modalmais e consultoria AP Exata aponta que o índice de reprovação do governo voltou a ultrapassar a marca dos 50 pontos porcentuais nesta semana. Segundo levantamento, enquanto o índice de pessoas que avaliam o governo como bom ou ótimo é de 26,9% (uma queda de 1% em relação à semana anterior), as que consideram ruim ou péssimo somam 50,3% (0,9%. p.p. a mais) e as que dizem que o governo é regular ficaram em 22,8% (0,1% p.p. a mais).

Para a pesquisa, há uma tendência de piora na imagem da gestão do presidente Jair Bolsonaro. Um dos motivos para o aumento das avaliações negativas da imagem do presidente pode estar relacionado a sua participação na Assembleia-Geral das Nações Unidas. A fala de Bolsonaro teve uma repercussão viral nas redes, mas apenas 34% das menções foram positivas no dia em que discursou, enquanto as menções negativas foram de 66%.

Durante sua fala a líderes internacionais, Bolsonaro voltou a defender o tratamento precoce para covid e apresentou dados inverídicos e distorcidos sobre o País. A resistência do presidente em se vacinar e a infecção de membros da comitiva também deixaram o Brasil exposto na imprensa internacional. Para a oposição, a participação brasileira na ONU foi "vergonhosa".

A semana termina ainda mais negativa para o presidente. Nesta sexta-feira, 24, as menções negativas ao presidente nas redes somam 64%, consolidando uma fase acentuada de impopularidade do governo, diz o levantamento.

Estadão
Publicidade
Publicidade