5 eventos ao vivo

Haddad diz temer que Justiça Eleitoral se 'iniba' e não cumpra suas obrigações

18 out 2018
12h30
  • separator
  • comentários

Candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad declarou, nesta quinta-feira, 18, que o País está diante de uma tentativa de fraude eleitoral com a ação de empresários favoráveis à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) ao Planalto. Reportagem do jornal Folha de S.Paulo revelou que empresas bancaram a disseminação de mensagens nas redes sociais contra o PT.

Para o presidenciável do PT, a ação de empresas e da campanha de Bolsonaro teve como objetivo eleger o candidato do PSL já no primeiro turno. "Temo que a Justiça Eleitoral, inibida pela violência, a imprensa, inibida pela violência, não cumpra suas obrigações constitucionais", declarou o petista.

Haddad afirmou ainda que Bolsonaro, que disse estar já com uma mão na faixa presidencial, vai experimentar a "ira daqueles que de fato decidem uma eleição", citando o voto popular.

O petista declarou ainda que vai "suar a camisa" até a meia-noite do sábado anterior ao segundo turno para evitar que o "mal" aconteça, em relação a uma eventual eleição do adversário.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade