7 eventos ao vivo

É preciso que diálogo assuma lugar de 'agressão e ódio', diz Toffoli

3 abr 2019
16h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Em sessão solene organizada para um ato de defesa do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, afirmou nesta quarta-feira, 3, que é preciso que o "diálogo construtivo e a transformação" assumam o lugar da "agressão e de ódio".

Com presença do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Toffoli fez uma menção direta ao deputado federal, sobre o "esforço" de Maia em reconhecer a importância do diálogo, citando também o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz.

Toffoli afirmou que é preciso ser firme na defesa do Supremo porque a Corte é o guardião do pacto fundante no Brasil. "Ao fazermos isso, estamos defendendo a própria democracia, a liberdade e os direitos fundamentais", disse.

"É preciso que o diálogo construtivo e transformador assuma definitivamente o lugar da agressão e do ódio, que não devem entrar em nossa sociedade", continuou Toffoli, afirmando que "agora, mais do que nunca, sociedade civil e Poderes da República precisam seguir o caminho desse diálogo transformador" para buscar "o desenvolvimento do País, ao equilíbrio fiscal, à segurança e à redução das desigualdades sociais", completou o presidente.

A sessão de julgamentos desta quarta-feira foi cancelada em função da solenidade. No início, o presidente da OAB leu um manifesto subscrito por mais de 160 entidades em defesa do STF.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade