5 eventos ao vivo

Conselho abre processo contra deputado por farra das passagens

8 jun 2010
16h24
atualizado às 16h34

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados instaurou processo disciplinar contra o deputado Paulo Roberto Pereira (PTB-RS) por quebra de decoro parlamentar, na tarde desta terça-feira. Ele é acusado de conivência na contratação de funcionários fantasmas em seu gabinete e de venda de bilhetes aéreos da cota parlamentar. A informação é da Agência Câmara.

Pereira apresentou atestado de cirurgia odontológica para não comparecer à reunião do conselho. Pelo documento, o parlamentar ficará ausente da Câmara até o dia 21 de junho. Segundo o presidente do conselho, José Carlos Araújo (PDT-BA), o andamento do processo seguirá normalmente. O colegiado tem até 90 dias para apurar o caso. Foi designado como relator do processo o deputado Urzeni Rocha (PSDB-RR).

O deputado tem até cinco sessões ordinárias, desde a notificação de instauração do processo, para apresentar sua defesa por escrito. Araújo disse que o conselho tentará, "por todos os meios, notificar o deputado antes do término do período do atestado".

Fonte: Redação Terra
publicidade