1 evento ao vivo

Bolsonaro testa positivo para novo coronavírus

Presidente afirma que está "perfeitamente bem", mesmo depois de ter tido febre, dores no corpo e cansaço

7 jul 2020
12h27
atualizado às 12h54
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após informações de que o presidente Jair Bolsonaro estaria com sintomas da covid-19, foi confirmado pelo próprio, nesta terça-feira (7), que o teste deu positivo para infecção pelo novo coronavírus. "Acabou de dar positivo", afirmou.

Presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia em Brasília
23/06/2020
REUTERS/Adriano Machado
Presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia em Brasília 23/06/2020 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Ele relatou que se sentiu mal no domingo e durante a segunda-feira apresentou febre, dores no corpo e cansaço. Encaminhado a um hospital em Brasília, Bolsonaro mediu a saturação e fez o teste da doença.

"A Equipe médica decidiu dar hidroxicloroquina e aztromicina. Como acordo muito durante a noite, depois da meia-noite senti uma melhora, às 5 da manhã tomei a segunda dose e estou me sentindo bem", disse.

Segundo o presidente, ele já imaginava que tivesse sido infectado pela doença antes, por conta de sua exposição. O presidente foi visto durante várias vezes em contato com a população e presente em aglomerações sem o uso de máscara. "A vida continua, é necessário tomar cuidado com os mais idosos, mas não precisa entrar em pânico", concluiu.

Apesar dos 65 anos, que o coloca na faixa etária considerada por médicos como grupo de risco, o presidente afirma que está se sentindo "perfeitamente bem". Ao conversar com a imprensa para anunciar o resultado, Bolsonaro fez questão de tirar a máscara: "Para vocês virem minha cara, aí. Eu estou bem". 

Polêmica

Em março, no início da pandemia, o presidente esteve envolvido em uma polêmica, quando voltou de uma viagem feita para os Estados Unidos. Na ocasião, parte de sua comitiva que teve contato com membros do governo de Donald Trump que estavam infectados atestaram positivo para a doença.

No entanto, Bolsonaro continuava trabalhando normalmente e se recusou a apresentar seus resultados de exames para o coronavírus. Só mediante uma decisão judicial o governo enfim compartilhou os testes, que informavam negativo para a doença.

Veja também:

Bolsonaro fala em 'cartão vermelho' para quem sugere congelar aposentadorias e enterra Renda Brasil
Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade