0

Bolsonaro muda aposta sobre vitória do Flamengo na Libertadores: '2 a 0'

23 nov 2019
16h13
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente Jair Bolsonaro mudou o seu palpite sobre o placar da final da Copa Libertadores e disse neste sábado, 23, que o Flamengo deve vencer por 2 a 0 o River Plate, da Argentina, na final que ocorre às 17h de hoje em Lima, no Peru.

O presidente afirmou que assistirá no Palácio da Alvorada à final contra o River. Na manhã de sexta, 22, com um broche do Flamengo nas mãos, o presidente havia dito acreditar em vitória do rubro-negro por "5 a 4, nos pênaltis".

Bolsonaro também afirmou que deve ir ao "último jogo do Brasileiro" e "quem sabe (estará) no Catar", onde o rubro-negro disputa o Mundial de Clubes, em dezembro, se vencer a Libertadores. O presidente cogitou acompanhar a partida em Lima, mas desistiu, informou o Palácio do Planalto nesta semana.

O presidente já esteve em diversos jogos de futebol neste ano. Em junho, levou o ministro da Justiça, Sergio Moro, para acompanhar a disputa entre CSA e Flamengo no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

A equipe carioca também foi prestigiada em viagem recente de Bolsonaro à Ásia. O presidente entregou um casaco da equipe ao presidente da China, Xi Jinping, após reunião bilateral no Palácio do Povo, quando disse que o rubro-negro é o "melhor time brasileiro do momento".

Neste sábado, Bolsonaro desembarcou em Brasília no começo da tarde. Ele estava em viagem ao Rio de Janeiro.

Brasileirão. No domingo, 24, o Flamengo pode ser campeão nacional antecipado, caso o vice-líder Palmeiras, equipe de Bolsonaro, não vença o Grêmio.

Não ficou claro se o presidente pretende assistir ao jogo em que o Flamengo pode receber a taça de campeão brasileiro ou se deseja ir ao último jogo do rubro-negro no Campeonato Brasileirão, que será em 8 de dezembro, contra o Santos, na Vila Belmiro.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade