0

Bolsonaro chega a Brasília e conversa com turistas franceses

13 jan 2020
18h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após alguns dias de descanso no Guarujá, litoral de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro foi recebido por turistas franceses na entrada do Palácio da Alvorada, na tarde desta segunda-feira. Os turistas estavam visitando a residência oficial da Presidência quando receberam o aviso de que Bolsonaro retornaria mais cedo do litoral paulista.

O presidente passou alguns minutos tirando fotos e conversando com os franceses. Ele não quis falar com jornalistas.

Em certo momento, segundo o grupo, Bolsonaro perguntou se estava tudo bem na França e ouviu a resposta de que "poderia estar melhor". Ele questionou, então, se o problema seriam os imigrantes. Os franceses responderam que o problema, na visão deles, são os protestos dos coletes amarelos, contrários a mudanças no sistema de aposentadoria no país. Sindicalistas francesas organizam manifestações e paralisações em todo o país nos últimos meses.

Segundo o guia turístico Juan Herniada, que acompanhava o grupo, Bolsonaro também disse que a Austrália enfrenta problema mais graves do que a Amazônia, que teve picos de queimadas no ano passado. Os franceses disseram que o presidente Emmanuel Macron ainda não falou sobre o assunto. O presidente francês, no entanto, pediu solidariedade com o povo australiano diante dos incêndios e propôs uma ajuda operacional na semana passada.

Veja também:

Criminosos fortemente armados assaltam bancos em Criciúma, fazem reféns e deixam cidade sitiada
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade