Guardas municipais agridem professores em greve na Bahia

Guardas municipais de Feira de Santana, na Bahia, agrediram professores e manifestantes que ocupavam a prefeitura da cidade na manhã desta sexta. É o que mostram imagens compartilhadas por um vereador da cidade que participava de um novo ato mobilizado pela categoria em busca de melhores condições de trabalho. O vereador Jhonatas Monteiro diz que seu assessor, que aparece nas imagens caído no chão, está desaparecido desde então. A prefeitura, no entanto, afirma que o homem está no Paço Municipal da cidade aguardando para ser conduzido à delegacia por ter dado uma cotovelada em um servidor. O vereador nega essa versão. Desde ontem, quando os educadores da cidade decretaram greve, surgiram denúncias de truculência por parte de guardas municipais registradas em vídeos, com uso de spray de pimenta, extintores, xingamentos e até violência física. O prefeito Colbert Martins, do MDB, se pronunciou sobre o assunto, disse que a prefeitura está dialogando com os professores e que não compactua com a violência.

Fonte: Redação Terra
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade