PUBLICIDADE

Polícia

Suspeitos de matar criança e mulher em campo de futebol no CE são capturados pela polícia

Outras 8 crianças e adolescentes que estavam em arquibancada ficaram feridos com tiros

23 jun 2024 - 11h22
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Polícia prende homem e apreende adolescente suspeitos de envolvimento na morte de criança e mulher em campo de futebol em Fortaleza. Ataque a tiros também deixou oito feridos.
Local de disparos é um campo de futebol em Fotaleza
Local de disparos é um campo de futebol em Fotaleza
Foto: Reprodução/TV Canindé

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará confirmou a captura de duas pessoas suspeitas de participar das mortes de uma criança de 10 anos e de uma mulher de 48 em Fortaleza, Ceará. Eles foram baleados e morreram no local. 

Neste domingo, 23, a SSPDS disse que os suspeitos são um adulto e um adolescente, investigados por envolvimento no crime. Além das duas vítimas fatais, outras oito crianças e adolescentes ficaram feridos na ação.

O ataque a tiros na Areninha do Jardim Violeta, em Fortaleza, ocorreu noite desta sexta-feira, 21. O local onde os disparos ocorreram é um campo de futebol que fica no Bairro Barroso, na capital cearense. 

As outras vítimas têm idades de 8 a 16 anos. Testemunhas afirmaram que dois veículos chegaram próximo ao campo e os ocupantes dos carros atiraram contra pessoas na arquibancada, informou o CE1. Oito feridos foram encaminhados ao Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF). O estado de saúde delas ainda não foi divulgado.

A prisão do homem e a apreensão do adolescente ocorreram no sábado, 22, quando foram cumpridos um mandado de prisão e um mandado de busca e apreensão por homicídio. As capturas foram realizadas pelo Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Ao Terra, a SSPDS disse que as Forças de Segurança do Ceará seguem as investigações para capturar outros suspeitos de envolvimento no crime. Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e dos setores de inteligência foram enviadas para reforçar as ações na região. 

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada e coletou vestígios para as investigações, que ficarão a cargo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade