0

SP: polícia prende dupla que vendia falsos atestados médicos

28 jul 2011
13h04

Policiais Civis prenderam, na manhã de quarta-feira, dois suspeitos de vender falsos atestados médicos para trabalhadores na região da Praça da Sé, no centro de São Paulo. Ao ser flagrado vendendo um atestado para uma operadora de telemarketing, um dos suspeitos afirmou ter faturado R$ 790 em três dias de trabalho. Ele e outro colega foram autuados por falsidade ideológica.

A denúncia recebida por investigadores do 1º Distrito Policial (Sé) afirmava que os atestados falsos eram oferecidos por dois homens de meia idade, que abordavam pessoas que passavam pela região da Praça da Sé.

Os policiais ficaram observando a multidão, até notar o vendedor R.N.S., 43 anos, abordar uma mulher na rua 15 de Novembro, com quem ficou conversando por alguns minutos. Depois, ele a convenceu a ir até um bar, onde se encontraram com o também vendedor A.A.V., 45 anos, que tirou do bolso uma folha de atestado, que foi preenchida e entregue à mulher.

Quando a dupla e a mulher saíram do bar, foram abordados pelos investigadores, que encontraram o atestado médico, preenchido e com carimbo de uma médica. Todos foram conduzidos ao 1º DP, onde foram apreendidos o carimbo com almofada, uma placa anunciando a compra de ouro e moedas estrangeiras e a venda de atestados médicos, além do dinheiro. A operadora constou como testemunha no flagrante de falsidade ideológica contra a dupla.

Fonte: Terra
publicidade